quinta-feira, 19 de abril de 2018

Redes Sociais


Heyohh babes!!

Hoje venho falar sobre as redes sociais e fazer-vos refletir um pouco sobre as mesmas.

Eu acredito que as redes socais são um auxilio ao desenvolvimento do ser humano, facilita a comunicação e a nos expersarmos, no entanto as mesmas podem tornar-se um vicio que, parecendo que não, pode ser bastante perigoso para o nosso psicológico, tanto como o de outros.

As redes sociais permitem a nossa exposição publica e permitem também a possibilidade de anonimato, não podemos ter certeza se a pessoa que está de trás do ecrã do computador ou do telemóvel a falar connosco é realmente quem se diz ser.

Muitos usam as redes sociais como maneira de se libertarem das amarras que os prendem na vida real. Eu quero vos perguntar se vocês podem garantir que são completamente sinceros sobre quem ou como são? Não quero dizer que todos nós somos falsos nas redes sociais, claramente que nem todos, mas gostamos de manter aparências, vai haver sempre um dia em que estaremos mais em baixo e que não nos sentiremos bem e nessas alturas temos 3 opções: 1ª publicamos algo para aparentarmos estar bem, 2ª não publicamos nada de todo e 3ª publicamos aquilo que realmente sentimos. Mas agora vocês dizem-me  “Os nossos problemas não são precisos ser expostos, podemos ter a nossa privacidade nos nossos momentos de fragilidade.” Claramente estão certos, em momento algum quero que percam a vossa privacidade, mas já se deram conta que só nos preocupamos com a nossa privacidade nos momentos em que estamos fragilizados?!

Procuramos sempre manter a “vida perfeita” online, quantas fotos são encenadas para esse mesmo efeito, não nos preocupamos em ocultar a nossa localização nas fotos do Instagram, sempre estamos de olho no que os outros dizem e/ou fazem mas quando é para olhar para as nossas falhas e erros poucas vezes queremos abrir os olhos.

E isto apenas no caso do apego às redes sociais, mas quando o caso mexe com um psicológico que já está fragilizado, não vamos esquecer que existem doenças ( como a depressão, anorexia, bulimia, entres outras) que podem piorar consoante o que visualizam online.

Por exemplo ainda esta semana, não vou citar nomes aqui, uma youtuber brasileira já com um certo estatuto online, publicou uma foto em que estava com os calções abertos e a descrição dizia que estava com os mesmos abertos pois havia comido muito e estes não fechavam, no entanto essa mesma youtuber é bastante magra, compreende-se que seria uma brincadeira no entanto imaginem como as raparigas, que se consideram gordas devido à doença, se sentiriam, que se alguém como a pessoa X que aparenta ser magra se acha gorda então obviamente que elas se vão sentir ainda pior consigo próprias.

Eu estou a falar de um caso que não é cyber-bullying, se esses casos já têm consequências negativas imaginem quando a pessoa ainda sofre de cyber-bullying, muitas vezes não o fazemos propositalmente no entanto temos que ter sempre cuidado com as nossas palavras.

Com esta publicação não quero que evitem as redes sociais, hoje em dia elas servem para quase tudo e ainda bem que estamos a evoluir constantemente, mas a nossa mente também precisa evoluir.

Só vos peço não finjam ser quem não são, mas também tenham cuidado, pois o vosso conteúdo tem que ser SEMPRE consciente e verdadeiro.

1 comentário:

  1. Penso muitas vezes nisso e realmente é fácil fazer parecer que a nossa vida é perfeita, mesmo sem a intenção de o fazer. Boa reflexão, beijinhos

    http://florescend-o.blogspot.pt

    ResponderEliminar